Vivenciar os (auto) cuidados em comunidade: calendário atualizado

Devido as restriçons sanitárias anunciadas o passado mês tivemos que adiar o início do obradoiro para o mes de marzo. A seguir encontrarás o calendário de sessons atualizado.

Muito tem-se falado de cuidados e autocuidados ultimamente. Porém, como podemos sementar estas práticas no quotidiano quando à nossa volta imperam os ritmos acelerados, a desconexom com os sentires, o anestesiamento do corpo, os automatismos, a preponderância do externo frente ao interno, o esfarelamento dos vínculos? Como fazê-lo sem companhia que acolha e fortaleça, que sustente e que nos faga avançar? Sem a tribo?

Oferecemos seis encontros para facilitar a construçom da urdume de cuidados que tanto precisamos. Através do círculo de palavra, da música e do movimento abordaremos diferentes dimensons a cultivar para enraizarmos os cuidados no plano pessoal e coletivo.

Continuar lendo…

Sentipensar os cuidados e autocuidados para vidas mais justas e plenas

Algumha gente pergunta-me que é “educaçom para o bom viver,” umha das ramas do projeto Biodanza Cheia de Vida.

Ainda que aqui trato de explicar com detalhe, sinto que a melhor forma de visualizar essa proposta ou marco socioeducativo é através de atividades concretas. Atividades como esta que facilito o sábado 26 de setembro dentro do Espazo de Formación Antirracista Diverxentes, um projeto de Sos Racismo Galicia e coordenado pola admirada Sonia Mendes, com quem terei o prazer de partilhar a jornada.

coraçom-realista-bordado-fios de cores
Continuar lendo…